Objetivos 2020 – Conclusão

Hoje vou rever convosco os objetivos que partilhei aqui no dia 20 de Janeiro deste ano.

Engravidar
Não aconteceu. A nível profissional tive mudanças este ano e, honestamente, senti que precisava de conquistar outras coisas antes de dar esse passo. Quando decidir que é a hora quero ter a criança com paz e com o menos stress possível, por isso sinto que preciso disso. Vamos ver se vai ser em 2021, pois já ando a adiar isto desde 2017, e a idade não pára.

Emagrecer
Já emagreci, e entretanto veio o frio e o inverno e já voltei a por peso. Nesta jornada percebi que não é difícil perder peso, se ingerirmos os alimentos corretos. No meu caso, o que dá luta é controlar o impulso de comer constantemente ao longo do dia, e agora estando em casa com o frigorifico ali ao lado, mais complicado fica.

Seguir um orçamento
Esta parte penso que correu bem, apesar de ter sido um ano com obras. Queria ter estruturado as coisas de outra forma, mas foi 2020. Em janeiro quando escrevi estes objetivos não imaginava que em 2 meses tudo iria mudar.

Ler mais
Nisto foi um sucesso. Acho que no ano anterior tinha lido uns 6 e hoje estou a ler o 15º livro. Podia ter lido mais, mas mesmo assim considero que este desafio correu bem.

Terminar 10 artigos de maquilhagem
Não sei como considerar este objetivo. Eu acho que correu bem, mas não foi concretizado conforme foi formulado. Como partilhei na semana passada, não terminei 10 produtos de maquilhagem, mas terminei 12 itens relacionados com beleza/cosmética. O que eu quero com esta medida é reduzir à quantidade de produtos que tenho, e consegui, mas não são exclusivos da categoria “maquilhagem”.

Obras
Cozinha – confirmo
Mudar as janelas todas – nop, mas mudei algumas
Obras lareira e colocar recuperador de calor – já estamos a tratar mas com o natal e ano novo, a parte da obra só vai ser realizada em no início de 2021.

Olhando para isto tudo, o quê que sinto? Estou feliz. Acho que toquei em todos os objetivos que tinha para este ano, apesar de não ter realizado a 100%. Sinto que houve evolução nestes campos, que acho que é o mais importante.

Os objetivos de 2021 já estão quase terminados, e como já é tradição, em Janeiro partilharei convosco.

Desse lado, que objetivos realizaram este ano? E quais ficaram por alcançar?

Maquilhagem: 2020 – Conclusão

Como mencionei na publicação do dia 27 de Janeiro deste ano, eu tinha como objectivos:
. Terminar 10 produtos de maquilhagem;
. Não comprar mais produtos, excepto em caso de necessidade.

O motivo é que para além de ninguém precisar de tanta coisa, há a questão do dinheiro que “investi” nisto, que se não usar o produto até ao fim, não estou a ter retorno a 100% dos euros gastos.

Vamos para um resumo rápido do que aconteceu este ano:
Consegui terminar 10 produtos de maquilhagem? Não!
Consegui terminar 10 produtos? Sim.

Então vamos lá desenvolver isto. O quê que terminei:
. 2 batons hidratantes;
. 1 máscara transparente – que usava para fixar as sobrancelhas;
. 2 toners;
. 1 fortificante para o cabelo;
. 1 esfoliante;
. 1 creme;
. 2 amostras de um sérum
. 1 amostra de um creme hidratante.
. 1 primer de rosto.
Se somarem dá o total de 12 itens. Não comprei nenhum produto para substituir estes que terminei, por isso fico contente com ter tido uma redução efectiva nas coisas que tenho. Queria ter terminado uma base, o corrector de olhos que estou a usar, o pó que sinto que por mais que use nunca mais acaba, etc, mas não sou pessoa de por maquilhagem para ir para o sofá.

Também tenho pena de não ter tirado fotos logo desde o início do ano, pois agora com o Instagram podia partilhar pequenos reviews sobre os produtos terminados (ainda só fiz para os dois batons hidratantes. Do primer ainda vem aí).

Em 2021 queria terminar também 10 produtos, dos quais:
. 1 amostra base;
. 1 creme corpo (estou quase a terminar dois, por isso acho que este vai ser fácil);
. 1 creme de rosto;
. 1 batom hidratante;
. 1 verniz (idealmente queria terminar mais, mas dado que tenho muitos e gosto de cores diferente todas as semanas, terminar um que seja demora algum tempo);
. 1 gloss (tenho um que está quase a acabar, mas com esta coisa de usar máscara em casa, é coisa para ainda demorar um pouco);
. 1 batom de cor.
Isto totaliza 7 produtos. Quais serão os outros 3? Não sei, mas daqui a um ano virei aqui partilhar o resumo. Quando estes produtos terminarem já tenho substitutos, por isso não terei que comprar nada para os repor. Com isto quero também, mais uma vez, ter uma redução nos produtos que tenho.

E desse lado quantos produtos querem terminar?

Favoritos do Ano

2020 em alguns aspectos sai-nos ao lado. Acho que foi geral. Apesar de não me poder queixar, pois tive um ano muito feliz apesar de ter sido diferente do que planei nesta altura em 2019, objectivos que tinha em mente concretizar nesta fase da vida ficaram, para já, na gaveta.

Dado que estamos já em dezembro, começa aquela altura em que começamos a pensar no que foi positivo, negativo, neutro, o que poderíamos ter feito melhor, etc. Este mês aqui no blog vai ser de reflexão, tanto relativo a este ano, como em relação ao próximo. Vamos começar por algo leve. A parte dos objetivos, e coisas mais sérias virá a seguir.

Assim, vamos falar de futilidades:

Maquilhagem
Sephora Cream Stain

Sephora Collection Cream Lip Stain

Se antes estes já eram os meus favoritos, porque bastava aplicar de manhã e não tinha que me preocupar mais com isto, em 2020 não há alternativa a batons de longa duração. Tenho alguns, mas o 01 – Always Red é de longe o favorito (espero que a Sephora nunca, nunca o descontinue).

Séries
Como não ando contente com a oferta do Netflix, cancelei a subscrição, então estas duas séries foi das que vi quando ainda tinha acesso a essa plataforma.

A Maldição de Hill House

A Maldição de Hill House.
https://www.imdb.com/title/tt6763664/?ref_=nv_sr_srsg_0

Vi a série toda, sozinha e à noite. Tive medo, porque quando somos adolescentes e vemos séries de terror e bem gráficas não nos faz confusão, mas depois temos 30 anos e no meu caso deu-me para virar mariquinhas. Apesar de estar sempre em tensão a ver a série, adorei.

Locke & Key

Não conhecia nada da Banda Desenhada, e por isso o primeiro contacto que tive com a saga foi pela série, e apesar de ter uma vibe para um público ligeiramente mais novo, gostei do conceito, gostei da história, e por isso quando vierem mais temporadas sou menina para renovar a Netflix só mais um mês para ir acompanhando a série.

Filmes
1917

1917 Poster

Normalmente não tenho interesse em filmes de guerra, mas o 1917 não só é o meu favorito desta categoria, como também é o meu favorito do ano.

Livros
If You Tell – Gregg Olsen

If You Tell: A True Story of Murder, Family Secrets, and the  Unbreakable Bond of Sisterhood eBook: Olsen, Gregg: Kindle Store

Este ano li 14 livros – podia ter lido mais – e este foi dos que li mais rápido. Acho que ainda não disse isto antes aqui, mas todos os livros que compro são pela Amazon, pois tenho um Kindle, e quando não tenho o aparelho comigo, leio os livros na aplicação que tenho no tablet e no telemóvel. Assim, não sei se se o livro existe em português.
Este conta a história real dos crimes cometidos por Michelle Knotek, através de entrevistas realizadas a pessoas que estiveram envolvidas na situação. O livro para além de falar sobre crimes reais, é bastante gráfico. Se não gostam de leitura pesada, então este título não é para vocês. Eu gostei muito, e quando acabar o livro que estou a ler agora vou regressar a este autor, pois tem mais obras sobre true crime que queria conhecer.

Aplicações
Flo

Calendário Menstrual Flo, Menstruação

Eu sei que não é a coisa mais entusiasmante do mundo, mas toda a mulher tem uma aplicação com o calendário menstrual. Eu já tive várias, e acho que finalmente tenho uma que me enche as medidas. Gosto do Flo em particular pelos seguintes motivos:
. tem opção gratuita;
. todos os dias diz-me o quê que vou sentir naquela dia, com uma breve explicação cientifica (normalmente sobre hormonas);
. para quem é Android, dá para integrar com o Google Fit, e ajuda a ter relatórios mais pormenorizados.

Good Notes 5

GoodNotes 5

Fiz a compra (esta é paga) no início do ano e tenho usado quase todos dias. É a aplicação que uso todos os dias, sempre que preciso tirar notas. Uso-a com o Apple Pencil e o Ipad, e como comprei também a protecção de ecrã que imita papel, tenho uma experiência em muito similar como se estivesse a usar um caderno e caneta.

Experiências
Eu queria por aqui uma viagem por alguma capital europeia feita com amigos, mas foi 2020, por isso ninguém foi a lado algum. Estive a ver o meu album de fotos deste ano e os sítios onde tirei mais fotos foi no IKEA e na Leroy Merlin, pois estive com obras e ainda estou a mobilar a casa, e nas visitas às lojas vou tirando fotos para depois em casa pesquisar melhor sobre os produtos.
Assim, experiências com socialização envolvida, o que eu gostei mais foi pequenos jantares com amigos – os melhores que tive o grupo era de 4 ou 6 pessoas – e um almoço ou outro que tive em sítios perto aqui do Porto (tive um recentemente em Ponte de Lima, e para quem quiser dar um passeio, fica a sugestão).

Casa – 1º aniversário

Vai fazer em Dezembro um ano que nos mudamos para esta casa, e apesar da casa não estar toda mobilada esta data fez-nos pensar no que gostamos de ter investido, no que nos arrependemos, coisas que agora faríamos de forma diferente, dificuldades sentidas, etc.

Euros
Investimentos
. A casa em si: de longe foi o primeiro grande investimento, mas estamos contentes com a escolha que fizemos. Os vizinho gostam de ter o prédio em dia, fazem-se as obras que são precisas sem qualquer confusão, há pequenos trabalhos que são feitos de forma pró-activa, está sempre tudo arranjado.Também não temos nenhum vizinho louco ou que faça barulho.

. As obras da cozinha. Gastamos uma nota, pois foi remodelação total, deu chatice, mas agora que está tudo direitinho sentimos que valeu muito a pena. Apesar das dificuldades sentidas voltaríamos a fazer igual (escolha dos materiais e fornecedores).

Poupanças
. Mobília IKEA: nesta fase, como ainda andamos a ver que tipo de mobília gostamos (ver questão do sofá mais abaixo), não estamos a investir muito em mobília. Estamos a contar daqui a uns anos trocar estas peças por outras mais ao nosso gosto e com melhor qualidade.

Arrependimentos
. Cadeiras da sala de jantar: é o que dá comprar à pressa. Compramos as cadeiras porque tínhamos a mesa e para a usar precisávamos das ditas. Como não estávamos a encontrar algo que gostássemos, escolhemos umas que o marido quis. Agora que estão na sala, o conjunto não bate com nada, mas gostamos muito da mesa, por isso vamos comprar uma cadeiras novas. As que temos agora foram baratas (compramos com um desconto que nos tinham dado com a mesa), e vamos mante-las nos arrumos para quando precisarmos delas para um jantar com mais pessoas.

. Sofá: sempre dissemos que queríamos um sofá com chaise longue, mas agora que temos, o marido não gosta assim tanto. Eu não estou arrependida mas ele está, pelo que penso que o próximo a ser comprado já não vai ter esta configuração.

Dificuldades sentidas
.Fazer obras em tempos de covid – A remodelação da cozinha era para ter sido iniciada em Março e só a meio de Maio é que conseguimos começar com a parte da obra (terminou no final de Junho). A parte da montagem da cozinha foi também adiada para fim de Junho, pois quando foi decretada a quarentena houve pessoas que ficaram com a montagem da cozinha a meio, e obviamente, esses clientes estavam à minha frente.

. Já mencionei aqui antes, mas se puderem fujam de fazer obras com família. As pessoas por vezes baixam o nível de profissionalismo porque é família e está tudo à vontade, e depois nem sempre é fácil por ordem na confusão. Pensem bem antes de dar esse passo, pois por mais que tenham razão o(s) familiar(es) pode(m) amuar, e é chato ter almoços de família com alguém que está chateado sem ter razão para isso.

. Escolher candeeiros – Posso dizer que tenho candeeiros nas casas de banho, na cozinha e no escritório, ou seja, os fáceis de escolher. O corredor, sala e quartos ainda têm a lâmpada no casquilho e parece-me que vão ficar assim mais algum tempo, pois nós os dois não nos entendemos quanto ao que queremos para estas divisões.

Desse lado, quais foram as dificuldades que sentiram quando se mudaram para o vosso espaço?

O blog em 2021

O mês de Novembro andou todo à volta do blog. Não sei se vocês também são assim, mas a partir de setembro começo aos poucos a pensar no próximo ano, o que se vai intensificando com o passar do tempo. Neste momento já tenho os objectivos para 2021 traçados. Pode ser que ainda adicione mais um ou dois, mas o grosso do próximo ano já está traçado.

Como mencionei antes, os chakras estão alinhados e há que aproveitar estes momentos de inspiração.

Então meu amigos, hoje venho aqui partilhar o seguinte: se tudo correr bem, terei uma publicação por semana. Eventualmente, numa semana ou outra poderei ter mais, mas garantido será um post todas as segundas feiras. 2021 terá 52 segundas feiras e já tenho pensadas 44 ideias. Agora só tenho que ir escrevendo as ditas publicações e pensar em mais 8, o que acredito que irá acontecer ao longo do ano.
Idealmente também queria fazer uma mudança ao aspecto do blog (comprar um template, por mais bonito e organizado), mas provavelmente isso será mais para tarde.

Com o blog também irei manter o Instagram, que irá ser uma mistura do blog, com maquilhagem e eventualmente um momento ou outro de vida pessoal.

Eu sei que isto parece que está ao abandono, mas não está. É mesmo uma questão de ideias. Tenho andado com a cabeça noutro lado e parece que quanto mais uma pessoa força para ter ideias, mais elas resistem em surgir.

Instagram A Regular Jane

Como mencionei na semana passada, nesta nova viagem ao mundo dos blogs, decidi criar uma conta de Instagram para complementar este espaço.

Para além de partilhar algumas publicações daqui do blog, há outros assuntos que só serão partilhados no Instagram, como por exemplo os produtos que vou terminando (são incluídos nos objectivos definidos no início do ano, e assim poderão acompanhar a evolução).
No meu blog antigo tinha muitas publicações sobre maquilhagem, e apesar de ser um dos temas já abordados aqui, não quero fazer disso um tema central deste espaço.

Em situações que não sejam muito descritivas poderei também fazer alguma partilha mais pessoal (sítios que gostei, sugestões, etc.).

Para terminar, queria deixar a nota que, apesar de gostar muito de fotografia, esta não é uma capacidade que eu tenha. Eventualmente hei-de melhorar com o tempo, mas para já … pronto … estou a tentar 🙂

16 cm

Fui cortar o cabelo. Eu pedi para cortar aproximadamente 8 cm (apontei. Disse que queria cortar “por aqui”). Os outros 8cm foram pela “inspiração” da cabeleireira.

Agora é só esperar meio ano para ter o cabelo pelo comprimento que achava que já ia ter ontem.

A tentar um equilíbrio

Como mencionei na minha primeira publicação, antes deste blog tive outro durante 4 anos (2013-2017). Na altura conseguia ter 4 publicações por semana (segundas, quartas, sextas e domingos). Para além de diário, falava imenso sobre maquilhagem – é algo de que gosto muito – e também tinha uns tópicos relativos à minha área de formação, e outras coisas que gosto, como livros, filmes, etc.
Quando comecei esse blog em 2013 era uma miúda, solteira, a viver na casa dos pais. Eu era outra pessoa e os meus interesses eram outros. Em 2017 comecei a sentir que a paixão que tinha neste escape já não era igual. O que agora vejo que era uma fase em que andava mais negativa com a vida, na altura pensava que o blog não era bom, que não prestava, não tive calma e apaguei o blog todo. Tudo! Fiquei apenas com a agenda de publicações que fiz na altura.

Entre 2017 e 2019 tive dois anos muito exigentes a nível de trabalho. Tinha dias de 12 horas de trabalho, algumas semanas a trabalhar sábados também. Eu sentia que o bichinho ainda cá estava, sentia falta destes momentos em que me preparo para vir aqui escrever um pouco, mas estava tão, mas tão cansada, que não conseguia mesmo arranjar tempo para gerir isto (não sei se já repararam, mas eu só do tipo de pessoa que quero tudo bem feito. Se as coisas estão um pouco ao lado do que eu quero, prefiro deitar tudo abaixo e começar de novo. Não sou muito pessoa para andar com remendos). Ainda tentei, mas basta ir ao histórico do blog para verem que em 2019 tive 6 publicações. Isso foi eu a tentar.

Agora em 2020 a vida mudou. Eu sei que em 2020 a vida mudou para todos, mas a minha mudança não se deve só ao Covid. Um conjunto de outras coisas mudaram, e agora sinto-me melhor, mais centrada, e isso reflete-se na cabeça que tenho para fazer as coisas que gosto. O também ter tempo para pensar em ideias, estruturar uma agenda, e fazer uma coisa de qualidade razoável também ajuda. Até criei uma conta de Instagram, vejam lá.

Acho que com isto tudo quero dizer que estou muito feliz por voltar a fazer algo que me dá uma satisfação pessoal muito grande. Já tenho muita coisa pensada para 2021. Quando não andamos a correr em piloto automático, a inspiração surge. E quero fechar com uma nota que serve para mim também: se tiverem um blog, um diário, um projecto no qual investiram 4 anos da vossa vida, não o terminem só porque estão numa fase menos boa. Se puderem, esperem um tempo para tomar uma decisão mais definitiva. As fases passam, e agora olho para trás e fico com um bocadinho de pena. O blog da altura até tinha umas publicações boas, que poderia voltar a partilhar agora aqui. Aprendam com os meus erros. Não apaguem.

Tenho problemas #1

Todos nós temos uma atração que não conseguimos explicar.
Juntem essa atração a um preço baixo e acabam assim: com 4 vernizes da mesma cor.

Nesta saga de tentar reduzir à quantidade de maquilhagem que tenho, estou a tentar reduzir nos vernizes e idealmente gostaria de ficar só com um destes, o que vai ser difícil pois os 4 ainda estão praticamente cheios.

E vocês, qual é o produto mais repetido que têm?