Vícios

Todos nós temos pequenos rituais que nos trazem alguma satisfação ao nosso dia a dia. Apesar destes nem sempre serem muito saudáveis, sempre servem para descontrair um bocadinho e, nesta fase em que as nossas vidas são controladas pela pandemia, distrair-nos um pouco do vírus.

Faça você mesmo
Não sei se já tentaram contratar alguém para fazer algum trabalho em casa, mas por vezes não é fácil – as pessoas que trabalham nestes ramos têm sempre muitas obras, pelo que encontrar alguém com disponibilidade é milagre, há muita gente neste ramo que não sabe o que está a fazer (a pessoa que inicialmente tratou da canalização da minha cozinha dizia que estava à vontade a trocar canos e conclusão, não estava, andou dois dias a tentar remediar uma situação para chegar ao fim e eu ter de contratar um canalizador à mesma. Ficou mais caro assim do que se tivesse chamado logo o canalizador), e em certas obras mais pequenas o custo da mão de obra não é justificável o tipo de trabalho que pretendemos – decapar, pintar, etc.
Antes de ter uma casa não achava piada nenhuma a este tipo de coisas, mas desde que tenho a minha própria casa todos os anos tenho um projeto meu, que faço de A a Z. Dado que não tenho muita experiência são coisas mais simples, que eu consigo começar e terminar sozinha, e o gosto que estou a apanhar a isto, está a fazer com que ando constantemente no Instagram à procura de mais ideias.

Instagram
Como mencionei em cima, o Instagram é a aplicação em que claramente tenho passado mais tempo. Estou sempre a guardar ideias tanto de projetos de casa, mas também de receitas, wishlist de maquilhagem e outro milhão de coisas em que gastar dinheiro.

Agendas
Algumas pessoas relaxam meditando, outras a fazer desporto, outras a cozinhar e trabalhar nas minhas agendas é a forma como esqueço o mundo durante um minutos.

Documentários
Sobre tudo: questões económicas, ambientais, sociais… não faltam por aí documentários de qualidade.

True Crime
O marido fica um pouco assustado com a qualidade de conteúdo sobre crimes que consigo consumir.

Youtube
Tenho sempre uma aba no chrome com qualquer coisa do Youtube. Não preciso de estar a ver, basta estar só a ouvir algo, mas o Youtube é de longe a plataforma que mais consumo para entretimento.

E desse lado, que vícios (saudáveis) têm tido ultimamente?

Lista de desejos casa

Ainda tenho algumas obras para fazer cá em casa mas como ainda vai demorar alguns anos até terminar tudo o que queremos mudar, temos feito as coisas intercaladas, ou seja, uma obra, um pouco de decoração, outra obra, decoração e assim sucessivamente.

Então, e porque obra não é sexy, hoje venho partilhar convosco alguns objetos de desejo que tenho pensados aqui para casa. Vai sair um pouco de tudo: móveis, eletrodomésticos e decoração.

Aspirador Robot

Roomba

Cá por casa temos um aspirador vertical, sem saco, mas os dois andamos a namorar a ideia de um dia comprar-mos um aspirador que trate da tarefa sozinho. Para já não é uma necessidade, mas mais tarde ou mais cedo um destes vem cá para casa pela certa.

Câmara de Vigilância

Não quero entrar em loucuras e encher a casa de câmaras. Quero apenas uma, no hall de entrada a apontar para a porta de casa. Penso que é uma mais valia, principalmente quando começarmos todos a sair de casa mais vezes.

Vasos

Anúncio patrocinado – CasaJame móveis decoração interior acessórios vaso conjunto de 3 vasos decorativos com superfície on...

Nunca são uma prioridade na lista de compras imensa que temos, mas são uma peça de decoração que gosto bastante.

Máquina de Café

Nós temos uma Delta de cápsulas que é super prática, mas este sistema tem as suas desvantagens: para além de ficar mais caro comprar café às capsulas do que comprar um kilo de café em grão (nem vou falar da diferença na qualidade de um café acabado de moer para outro de cápsulas), há a questão da diferença de poluição entre um simples saco, e a caixa + 10 capsulas todas as semanas (se tivermos visitas este número aumenta). Este tipo de máquina é mais caro mas penso que a longo prazo compensa o investimento feito.

Fondue

Sempre quis ter um fondue, não sei explicar o porquê. Acho que para quem gosta de receber amigos e família em casa acaba por ser algo engraçado e até diferente de passar um serão.

Sapateira

Preciso mesmo de uma coisa destas para organizar os sapatos que uso mais frequentemente (os outros estão em caixas), pois estão todos ao monte no “chão” do guarda fatos. Vai ser daquelas coisas que vai fazer mesmo uma grande diferença.

E desse lado, o quê que gostavam de comprar para as vossas casas?

Casa – 1º aniversário

Vai fazer em Dezembro um ano que nos mudamos para esta casa, e apesar da casa não estar toda mobilada esta data fez-nos pensar no que gostamos de ter investido, no que nos arrependemos, coisas que agora faríamos de forma diferente, dificuldades sentidas, etc.

Euros
Investimentos
. A casa em si: de longe foi o primeiro grande investimento, mas estamos contentes com a escolha que fizemos. Os vizinho gostam de ter o prédio em dia, fazem-se as obras que são precisas sem qualquer confusão, há pequenos trabalhos que são feitos de forma pró-activa, está sempre tudo arranjado.Também não temos nenhum vizinho louco ou que faça barulho.

. As obras da cozinha. Gastamos uma nota, pois foi remodelação total, deu chatice, mas agora que está tudo direitinho sentimos que valeu muito a pena. Apesar das dificuldades sentidas voltaríamos a fazer igual (escolha dos materiais e fornecedores).

Poupanças
. Mobília IKEA: nesta fase, como ainda andamos a ver que tipo de mobília gostamos (ver questão do sofá mais abaixo), não estamos a investir muito em mobília. Estamos a contar daqui a uns anos trocar estas peças por outras mais ao nosso gosto e com melhor qualidade.

Arrependimentos
. Cadeiras da sala de jantar: é o que dá comprar à pressa. Compramos as cadeiras porque tínhamos a mesa e para a usar precisávamos das ditas. Como não estávamos a encontrar algo que gostássemos, escolhemos umas que o marido quis. Agora que estão na sala, o conjunto não bate com nada, mas gostamos muito da mesa, por isso vamos comprar uma cadeiras novas. As que temos agora foram baratas (compramos com um desconto que nos tinham dado com a mesa), e vamos mante-las nos arrumos para quando precisarmos delas para um jantar com mais pessoas.

. Sofá: sempre dissemos que queríamos um sofá com chaise longue, mas agora que temos, o marido não gosta assim tanto. Eu não estou arrependida mas ele está, pelo que penso que o próximo a ser comprado já não vai ter esta configuração.

Dificuldades sentidas
.Fazer obras em tempos de covid – A remodelação da cozinha era para ter sido iniciada em Março e só a meio de Maio é que conseguimos começar com a parte da obra (terminou no final de Junho). A parte da montagem da cozinha foi também adiada para fim de Junho, pois quando foi decretada a quarentena houve pessoas que ficaram com a montagem da cozinha a meio, e obviamente, esses clientes estavam à minha frente.

. Já mencionei aqui antes, mas se puderem fujam de fazer obras com família. As pessoas por vezes baixam o nível de profissionalismo porque é família e está tudo à vontade, e depois nem sempre é fácil por ordem na confusão. Pensem bem antes de dar esse passo, pois por mais que tenham razão o(s) familiar(es) pode(m) amuar, e é chato ter almoços de família com alguém que está chateado sem ter razão para isso.

. Escolher candeeiros – Posso dizer que tenho candeeiros nas casas de banho, na cozinha e no escritório, ou seja, os fáceis de escolher. O corredor, sala e quartos ainda têm a lâmpada no casquilho e parece-me que vão ficar assim mais algum tempo, pois nós os dois não nos entendemos quanto ao que queremos para estas divisões.

Desse lado, quais foram as dificuldades que sentiram quando se mudaram para o vosso espaço?